Jump to content


O tank "indestrutivel" Elephant...vale a pena apostar nele ?


  • Please log in to reply
37 replies to this topic

Drackor #21 Posted Apr 22 2015 - 20:55

    Staff sergeant

  • Players
  • 14448 battles
  • 438
  • [-RBO-] -RBO-
  • Member since:
    11-05-2013

View Postdonnie007, on Apr 22 2015 - 16:14, said:

Olá.. 

Tive apenas 560 partidas com o Ferdinand (2anos atras )

 


O que vc disse depois dessa citação esta desatualizada amigo de dois anos pra cá com os nerfs das TDS e tudo muita coisa mudou....


Edited by Drackor, Apr 22 2015 - 20:56.


donnie007 #22 Posted Apr 23 2015 - 20:44

    Corporal

  • Players
  • 13934 battles
  • 33
  • Member since:
    03-17-2011
Em relação a que ?

ricardoKarkassa #23 Posted Apr 24 2015 - 22:51

    Staff sergeant

  • -Players-
  • 14281 battles
  • 276
  • Member since:
    05-04-2014

DCDsTank realmente até onde eu sei,não existia tank para perfurar um Ferdinand....e isso não é propaganda alemã,mas sim os americanos falando.

 

existem varios videos e manuais hoje disponiveis na internet da segunda guerra mundial falando de quase tudo (o ultimo video que vi explica o diferencial dos carros/tanks)

 

O Sherman foi um tank que os proprios americanos tinham medo de pilotar,chamavam entre outros nomes de "isqueiro" (pois em certas circunstancias pegava fogo facil) entre outro nomes nada agradaveis,em suma,era um tank que no campo de batalha era um alvo facil...

 

mas realmente devo pegar o Ferdinand,mesmo ele sendo ruim no jogo,pois sou fã do bichinho,como ja mencionei...

 

se o jogo fosse fiel a vida real,não tinha como alguem vir de frente com um Ferdinand e sai vivo...ele destruia a maioria dos tanks de 43/45 a 1 kilometro de distancia,longe da maioria do alcance dos tanks...e a 500 metros era suicidio,pois o canhão dele era algo imoral...um canhão anti-aereo montado em um tank...coisa de louco...ou seja...se vc avista-se um Ferdinand e ele estivesse de frente pra vc...era bom vc correr e rezar a estar a mais de 1.000 m de distancia...pois a relatos ( não acredito muito...mas vai que é verdade) de Ferdinand destruindo tanks inimigos a mais de 3 quilometros (lembresse que a arma dele era um canhão anti-aereo)

 

um abraço galera

 



donnie007 #24 Posted Apr 25 2015 - 14:46

    Corporal

  • Players
  • 13934 battles
  • 33
  • Member since:
    03-17-2011

ricardoKarkassa Acho legal você ter esse interesse pelo ''Ferdinand'', mas acho que você tem se informado mal sobre este tanque.
Sou um grande admirador dos tanques alemães e sim eles fizeram bons TDs Ex: ''Hetzer'', Stug III, Jagdpanzer IV e o Jagdpanther.
Mas não, o ''Ferdinand'' não entra nesta lista e ja lhe digo os motivos:
 

Contras:
- Relação peso/potencia péssimo.
- Grande de mais para um caça tanques (dificil de esconder)
- Mobilidade péssima.
- Muitos problemas mecanicos devido ao motor invertido.
- Armadura casco cheia de falhas e com rebites, a armadura da superestrutura era decente 200mm mas não possuia inclinação ( O que significa que receberia o impacto direto e após 1ou2 impactos ela provavelmente quebraria assim como a maioria das blindagens sem inclinação )
- Alto consumo de combustivel ( algo escasso para os alemães )
- Sim, existiam varios tanques que poderiam bater o ''Ferdinand'' a distancias médias 1klm. Ex: Su-100, Su-152, T-34-85, Is-2 e Sherman Firefly. ( Claro que nem sempre acontecia, muito devido ao péssimo treinamento dos tripulantes aliados e ao equipamento óptico deficiênte principalmente o russo, sem falar no péssimo desempenho dos canhões russos para combates acima de 700~800 metros ).
- Entre outros..
 

Prós:
- Canhão: 8.8 cm Pak 43/2 L/71 ( Sim ele poderia bater a maioria dos tanques aliados a distancias elevadas 1ou2 Klm, mas acho dificil ocorrer a 3Klm, claro que pode ter ocorrido, mas em raras oportunidades)
 

No meu ponto de vista o ''Ferdinand'' foi uma grande perda de tempo e recursos assim como o Jagdtiger ( Sei que o ''Ferdinand'' foi feito as pressas e apenas para reaproveitamento do casco do tiger P mas o esforço não me pareceu válido.. POrque ?! Ja cito o porque)
 

Jagdpanther que possuia o mesmo canhão 8.8 cm Pak 43/2 L/71 éra muito mais móvel, possuia blindagem inclinada e era muito mais confiavel mecanicamente( infelizmente ele tambem era um pouco grande ).

Hetzer com seu canhão 7.5 cm Pak 39 L/48 podederia bater a maioria dos tanques aliados(exceto os pesados: Kv-1, Is-2 e Pershing) a distancias regulares de combate 500~1km. Era pequeno ( facil de esconder ), possuia boa mobilidade e blindagem inclinada.

Stug III com seu canhão KwK 40 L/48 de 75 , Boa mobilidade, custo baixo, baixa silhueta ( facil esconder), mecanicamente muito confiavel. Tambem é apontado como o tanque que obtve mais ''abates'' durante toda a Guerra.

E finalmente o JagdpanzerIV que na minha opinião foi o melhor TD construido pelos alemães com o mesmo canhão do Panther 7.5 cm Pak 42 L/70, poderia bater qualquer tanque medio aliado em faixas de até 2km e pesados a 700-1klm. Baixa silhueta, casco inclinado, relativamente boa armadura frontal, muito movel, confiavel mecanicamente e sem grande cunsumo de combustivel.


Claro...esta é a minha opinião baseada em sites/livros que li, respeito a sua opinião de que o ''Ferdinand'' era ''indestrutivel'' mas com as informações que ja obtive, para mim nem de perto ele era tudo isso.
 

No game, sim.. ele é um TD interessante de se jogar, pois aomenos ali ele não quebra toda hora husauhsauh zoa =P



ricardoKarkassa #25 Posted Apr 26 2015 - 02:15

    Staff sergeant

  • -Players-
  • 14281 battles
  • 276
  • Member since:
    05-04-2014

donnie007,boa noite.

 

concordo 100% com o que vc disse...vejo que vc é muito bem informado...

 

por isso eu mencionei no meu post que o Ferdinand tinha que ter sido construido com 2 anos de antecedencia (acho que vc não notou esse detalhe)

 

seu post está corretissimo...pois a guerra já estava "perdida" na fase de construção do Ferdinand...

 

mas tem algo que pouca gente comenta,que é o sistema optico dos tanks alemães em geral...

 

em pleno ano de 2015 não conseguiram copiar o sistema optico usado pelos alemães na segunda guerra...estava lendo uma materia a respeito

 

esse é um dos grandes segredos dos caras,pois mesmo com engenharia reversa,não conseguiram fazer um sistema semelhante...

 

ou seja,os caras tinham uma grande vantagem,pois o tal sistema era incrivelmente preciso (não me lembro quais tanks usavam,nem se o Ferdinand usava)

 

mas donnie007...pelos relatos que li sobre veteranos dos dois lados...em certos encontros,um unico tank alemão destruia uma coluna inteira de tanks e o que mais estivesse pela frente

 

um grande abraço



DCDsTank #26 Posted Apr 26 2015 - 20:47

    Staff sergeant

  • Players
  • 11970 battles
  • 295
  • [MOT] MOT
  • Member since:
    09-07-2012
Então imagina se o Tiger fosse produzido na mesma proporção que o Sherman...

ricardoKarkassa #27 Posted Apr 27 2015 - 00:20

    Staff sergeant

  • -Players-
  • 14281 battles
  • 276
  • Member since:
    05-04-2014

DCDsTank...uma coisa que não é dita é quem ganhou a guerra foi o lado com a produção industrial maior...ou seja...os aliados

 

pra vc ter uma ideia...a alemanha nunca ia ganhar a guerra depois que invadiu a russia...não tinha como...existe um unico audio de uma conversa de

hitler com outra pessoa...e nessa conversa ele fala do poder dos sovieticos de produção...onde se fazia um tank numa velocidade assustadora,coisa

que os alemães não conseguiam,pois seus tanks e metodos de produção eram muito complexos.

 

só pra a galera entender....todo piloto de avião americano tinha uma cota de vôos...se não me engano 25...por isso não existem Ás americano com

100/200 vitorias...os caras se davam ao luxo de não voar mais depois da cota...os alemães não...tinham que lutar até a morte...

 

o que nunca consegui entender (nem os soviéticos) era na "pobreza" do desenvovimento dos tanks alemães,é algo surreal eles terem feito o que

fizeram com tanks tão ruins (na primeira fase da guerra)

 

existe um episodio,quando os alemães e russos ainda eram aliados,que os soviéticos se irritaram quando foram fazer uma "visita tecnica" as divisões

blindadas alemães,onde eles não acreditaram que os tanks eram os melhores deles...e sim tanks de treino,,,isso causou um grande mal estar

,pois na epoca eles ainda eram aliados,e alguns generais alemães ficaram "encucados" com o fato,pois eles logo perceberam que os russos tinham

um parametro muito mais alto de tanks...e perceberam que eles não tinham lá grandes tanks...(se tivessem espionado os caras...a coisa podia ser

diferente na fase final da guerra)



DCDsTank #28 Posted Apr 28 2015 - 01:40

    Staff sergeant

  • Players
  • 11970 battles
  • 295
  • [MOT] MOT
  • Member since:
    09-07-2012
Se os alemães tivessem desenvolvido seus tanques 1 ano antes (como o caso do Ferdinand) talvez houvesse uma grande virada na balança, porém não seria o bastante para vencer a guerra.

pc90 #29 Posted Apr 28 2015 - 04:57

    Corporal

  • -Players-
  • 18433 battles
  • 76
  • [IMBRA] IMBRA
  • Member since:
    10-01-2014

View PostCadesh, on Apr 17 2015 - 15:44, said:

Germany suffered supply problems for metal ores such as chrome, tungsten, nickel, molybdenum, and manganese, all of which were needed for hardened steel used in tanks, ships and other war equipment. For example, Germany was almost 100% reliant on imports for chrome, and the loss of South African and Turkish imports along were a blockade to arise would eliminate 80% of imports. Even for manganese, of which Germany supplied 40% of its needs, the expected British blockade would cut its link to its main outside supplier, South Africa...Meanwhile, the Soviet Union was the world's largest source of manganese, the second largest for chrome and platinum and the third largest supplier of crude oil, iron ore and nickel.

Fragmento do tópico "Nazi–Soviet economic relations (1934–41)" da Wikipedia

 

Não entendo de produção de aço, mas sei que há carros que usam blindagem rebitada, onde as placas de aço usinado são presas com parafusos como no Pz 38t, isso deixou de ser usado porque os rebites se soltam com facilidade no impacto de disparos. O segundo modo é soldar as placas de aço usinado, que é como se fazia na torre do Pantera, e a terceira opção era usando moldes, parecido com fabricar sinos de igreja, o que facilita a produção de torres arredondadas como no T-55.

 

Laminar o aço usinado era importante para criar camadas de dureza distinta na blindagem, mas era um processo bem mais caro e provavelmente só era útil a partir de uma certa espessura de blindagem. A ideia do aço laminado é parecida com a ideia de usar vidro laminado em carros civis blindados. Imagino que blindagen laminadas sigam um padrão duro-macio-duro para dispersar a energia do impacto na camada macia enquanto que a terceira camada mantém a integridade do interior do carro.

 

Se falei besteira me corrijam, por favor. 

 

 

 

Bom achado esse artigo.

 

Quanto ao detalhe do aço laminado, fiquei com a impressão que você está confundindo com aço laminado (que passou pro um processo de laminação) com aço laminar (múltiplas camadas).

 

Quanto ao processo de laminação ter influencia sobre as qualidades de resistência do aço, SIM E ELAS SÃO ENORMES. Agora quantificar eles em valores, depende muito do processo de laminação. Para não ficar muito superficial vou colocar algo em números (me reservo o direito de errar um pouco as proporções pois já faz alguns anos que não vejo nada a respeito de resistência de aço...) digamos que um aço fundido tem uma resistência de 0.8, o mesmo aço que passou por um processo de laminação pode ter algo em torno de 1.0 até 3 dependendo da temperatura do aço durante o processo e da intensidade da laminação. A vantagem desses processos de conformação mecânica (laminação, forja, ...) é que se consegue um aumento significativo na resistência do material sem perder elasticidade do aço (entre outras).


Espero ter ajudado. Fiquei muito surpreso com o nível de conhecimento do pessoal aqui do fórum, fico feliz em saber que o pessoal está estudando.



ricardoKarkassa #30 Posted Apr 28 2015 - 16:49

    Staff sergeant

  • -Players-
  • 14281 battles
  • 276
  • Member since:
    05-04-2014

PC90...valeu pela ajuda...

 

mas vamos lá...o que eu me lembro é que sim...o aço do Ferdinand era Laminado...e sim...ele recebia um reforço de blindagem aumentando o seu potencial de  evitar danos...o que entendi tambem era que o aço alemão era "mais forte" pelo processo de fabricação,que estava prejudicado pela falta de matérias primas (não me lembro 100% quais eram,mas sei que vinham da Suécia) e a Suécia também fornecia aço de alta qualidade.

 

O que não consegui entender era o fato de o aço do Ferdinand ser melhor pelo fato dele ser retificado ou usinado (como o termo era em inglês....não sei ao certo se era usinado ou retificado)....mesmo assim não tem logica (pelo menos eu não vejo uma),já que nos dois métodos você só tira material,não acrescenta em nada em dureza ou outra caracteristicas....e não estou enganado...o relatorio era bem enfatico e mostrava a coisa em fotos (não sei qual era a torre do tank russo...não lembro agora...mas parecia uma casa de "joão de barro"...horrivel) deixando claro que o acabamento do tank alemão era bem melhor.

 

Só acho estranho que nas batalhas que participo,eu vejo Ferdinands sendo destruidos com certa facilidade...me deixando impressionado,pois achava que no campo de batalha eles durassem mais...

 

minha duvida tambem é quanto a arma dele...pois sempre li que era precisa e mortal...isso se reflete no jogo ???

 

um grande abraço a todos



_Chuck_Yeager_ #31 Posted May 12 2015 - 20:05

    Captain

  • Players
  • 42790 battles
  • 1,365
  • Member since:
    09-30-2011
Se o Ferdinand enfrentasse no jogo T-34, M4 Sherman e Churchill, realmente seria impenetrável. Mas o jogo não é dividido por época, é dividido por tiers com tanques com poder semelhante. Isso é um ponto fundamental para que o jogo seja divertido.

ranifs #32 Posted May 12 2015 - 20:31

    Staff sergeant

  • Players
  • 12366 battles
  • 272
  • Member since:
    02-28-2011

O canhão dele é descente para o tier, penetração, precisão e etc..  mas não chega a compensar a falta de mobilidade, que é um aspecto fundamental na meta atual do jogo. Em resumo, não seria um tank "Noob Friendly" para o tier 8.

 

Mas de qualquer forma, se você gosta de um tank, basta ir jogando com ele e conseguindo experiencia, o começo sempre é difícil, mas com o tempo você ficará melhor em anular seus pontos fracos e melhorar os seus fortes, podendo até surpreender adversários fazendo mais do que esperavam com o seu veículo "ultrapassado". Boa sorte :great:



EliotXII #33 Posted May 15 2015 - 22:36

    Staff sergeant

  • Players
  • 9360 battles
  • 475
  • Member since:
    07-28-2012

cade o Tiger_23?

 



ricardoKarkassa #34 Posted May 16 2015 - 18:14

    Staff sergeant

  • -Players-
  • 14281 battles
  • 276
  • Member since:
    05-04-2014

Tiger_23 ??...

 

 

isso é jogador ou tank ?



EliotXII #35 Posted May 18 2015 - 03:39

    Staff sergeant

  • Players
  • 9360 battles
  • 475
  • Member since:
    07-28-2012

View PostricardoKarkassa, on May 16 2015 - 17:14, said:

Tiger_23 ??...

 

 

isso é jogador ou tank ?

 

http://forum.worldof...-23-1000039015/

ricardoKarkassa #36 Posted May 18 2015 - 19:23

    Staff sergeant

  • -Players-
  • 14281 battles
  • 276
  • Member since:
    05-04-2014

ok...

 



HansUlrichRuddel #37 Posted Jun 08 2015 - 18:12

    Corporal

  • Players
  • 24622 battles
  • 25
  • [TRETA] TRETA
  • Member since:
    08-25-2011

Já joguei com os dois tanques, com a mesma, sendo que peguei a segunda marca de excelência em ambos.

 

Poder de Fogo: Ferdinand = JPII (O canhão de 128mm tier X, é o mesmo para ambos)

Blindagem: Ferdinand > JPII (A blindagem de 200mm é de fato boa, porém vale lembrar que a maioria dos tanques tier VIII é capaz de furar 200mm, ainda mais quando estes não são nada angulados. Outro problema é a chapa inferior, qualquer tier VI ou tier V usando gold é capaz de penetrar o chassis do Ferdi)

Mobilidade: JPII > Ferdinand (Aqui é o fator que na minha opinião torna o JPII melhor que o Ferdinand: Velocidade de rotação, ah como isso irrita, um MT te circulando, com Ferdi você apenas senta e chora, ou tenta encostar numa parede. Velocidade: Com maior agilidade o peek-a-boo fica muito mais fácil e seguro)

 

Total: JPII 2 x 2 Ferdi. Porém a blindagem pouco angulada e a pobre manobrabilidade do Ferdinand suplanta a pouca blindagem do JPII.

Abs. espero ter ajudado



Ultimosuspiro #38 Posted Jan 26 2017 - 21:24

    Sergeant

  • -Players-
  • 21710 battles
  • 113
  • Member since:
    06-27-2015
só continuando a discussão a futuras pessoas com a mesma duvida que passarem aqui e lerem até aqui ,ele seria bem duro de encarar se tivesse até no máximo sua 88 e levando os nerfs necessários para ir pro tier7 , minha experiência com ele diz que sua realidade poder pegar até tier10 aonde se torna um alvo lento sem blindagem  com um canhão com um rng horrível isto é com tiros com alfa normalmente bem abaixo da média circundando os 450 e que costuma fazer desvios como canhões russos em geral para as únicas regiões que ele não iria penetrar seja a distancia que for isso vale a todos os tanques com esse canhão claro que variando,a melhor opção seria optar pela mobilidade extra do JP pantherll ou se fizer o tripo grind futuro quadri grind que o obriga a jogar com ele para liberar o jagdtiger e o tier10 é jogar com ele bem cedo ,nesse tempo em que eu jogo noto uma maior facilidade de cair em top tier com os tiers8 e cair em pé de lista com os 6 e segue o raciocínio.




1 user(s) are reading this topic

0 members, 1 guests, 0 anonymous users