Jump to content


Pesquisa sobre Desportividade e Griefing


  • Please log in to reply
4 replies to this topic

SESD95 #1 Posted Oct 26 2017 - 19:47

    Sergeant

  • Players
  • 22839 battles
  • 178
  • [VILIN] VILIN
  • Member since:
    01-10-2012

Olá a todos!

Antes de mais nada, gostaria de me apresentar para que tudo fique claro: me chamo SESD95, sou criadora de conteúdo de World of Tanks.

O objetivo deste tópico servirá como uma pesquisa sobre Desportividade e Griefing, assunto do qual estou reunindo o máximo de informações, pesquisas e feedbacks possíveis para fazer um conteúdo completo em forma de vídeo. Vou dar uma breve explicação do que eles significam: Podemos considerar uma desportividade algo fora das regras de um meio esportivo/competitivo, seja por meio de trapaças, desrespeito ao adversário, agressão fisíca e verbal. Mas como estamos falando de um jogo virtual, as mesmas questões são válidas, mas são aplicadas de formas diferentes. No caso do WoT, temos dano aliado, team killing, racismo e preconceito, e por fim,  griefing, um termo inglês que é basicamente o conjunto de tudo isso que eu acabei de mencionar e um pouco mais; em resumo, o ato de perturbar e incomodar intencionalmente outros jogadores.

Em resumo: quando um jogador decide incomodar seus aliados, seja atirando, matando, atrapalhando ou ofendendo outros jogadores do seu próprio time durante uma partida.

 

A minha propósta para a solução ou amenização do griefing seria a remoção do dano aliado em modos casuais de jogo como em batalhas randômicas e fortalezas, deixando ele ativo apenas em salas de treinamento e no formato competitivo de World of Tanks (7/70). Outra parte da reformulação também incluiria punições mais severas aos jogadores que cometem o griefing, a reformulação do sistema de banimento automático, além de uma atenção maior voltada aos jogadores que usam o sistema de suporte técnico, os tickets.

Lembre-se que isto é apenas um resumo do resumo da minha próposta, apenas para que vocês possam entender o assunto.

Mas para que a minha propósta seja ouvida preciso de um feedback da nossa comunidade, e é neste momento que peço á vocês que respondam com sinceridade, e por favor, educação ás seguintes perguntas:

 

1 - Você já presenciou ou foi uma vítima do griefing? Se sim, quantas vezes isso aconteceu?
2- Você concorda que removendo o dano aliado, irá amenizar o griefing, assim como um sistema mais rigído de punimento?
3- O que você acha do sistema de banimento automático? Você acha que o suporte técnico lida com os problemas relatados pelos jogadores?
4- Qual seria a sua solução para o fim ou amenização do griefing?
 

O feedback de vocês será extremamente importante para a conclusão deste vídeo que estou trabalhando, e lembrem-se, com o apoio da nossa comunidade podemos ao menos tentar tornar World of Tanks um jogo melhor.

Meu canal no youtube: https://www.youtube.com/c/SESD95wot

Att: SESD95

 



V_A_C_A #2 Posted Oct 26 2017 - 20:24

    Captain

  • -Players-
  • 18444 battles
  • 1,434
  • [BREJO] BREJO
  • Member since:
    06-02-2015

1 - Você já presenciou ou foi uma vítima do griefing? Se sim, quantas vezes isso aconteceu?
Sim, diversas vezes. Inclusive postei um vídeo no meu canal, a respeito (só não postei-o aqui no fórum da WG pois o nome do griefer aparece no vídeo, e tento cumprir tanto quanto possível a regra de evitar naming and shaming).
Dano aliado, team killing, racismo e preconceito ocorrem inclusive entre classes de veículos (no meu caso, especificamente, por jogar principalmente de artilharia, são muito comuns estes "acontecimentos" _).

2- Você concorda que removendo o dano aliado, irá amenizar o griefing, assim como um sistema mais rigído de punimento?
A remoção do dano aliado seria interessante, mas (pensando no lado do engine do WoT / re-programação necessária) é um trabalho de relativo vulto.
Um sistema mais rígido de punimento talvez fosse mais interessante, pois somente quando "dói no bolso" é que as pessoas aprendem.

3- O que você acha do sistema de banimento automático? Você acha que o suporte técnico lida com os problemas relatados pelos jogadores?
A comunidade do WoT não é ácida apenas no Brasil. Ela é ácida no servidor NA, assim como em outros servidores (espero que em menor grau, para o bem dos jogadores de lá _).
A quantidade de griefers é grande (infelizmente). Como o servidor é norte-americano, é claro que entendo que a quantidade de pessoas prestando assistência aos jogadores que falam inglês é MUITO MAIOR que a quantidade de pessoas que prestam assistência aos jogadores que falam português (e/ou espanhol).
Creio que deveria haver uma campanha (em forma de vídeo) para disseminar uma cultura de maior tolerância, e "educar" os jogadores (fazer o quê, se a sociedade não ensina?).


4- Qual seria a sua solução para o fim ou amenização do griefing?
Cheguei a pensar em uma espécie de contador (parecido com o sistema automático já implementado), mas que no caso de sucessivos griefings cheguei a pensar em uma retirada do tanque em que o jogador estivesse jogando (Por exemplo: o jogador estava jogando de T67 e alcançou o trigger de quantidade de dano aliado, ao final da partida ele perderia o T67 e uma vaga de garagem... ou só o T67, ou algo assim).
Detalhe: perderia o tanque e os XPs de pesquisa do referido tanque (exceto módulos comuns a outros tanques, como por exemplo um canhão que o mesmo modelo também é utilizado por um tanque de tier superior ou inferior). Ele seria obrigado a re-pesquisar o tanque. Não sei como lidar com a questão dos tripulantes, se não houver espaço nas barracks. Poderiam ser perdidos (e com isso todos os skills e perks juntos - seria uma punição bem pesada, para quem tem muitas skills/perks).
Isto induziria os jogadores mais experientes (e portanto, com mais skills e perks) a terem mais cuidado. Existem alguns unicums que fazem questão de causar team damage e/ou team kill de forma "programada" para escapar/burlar o sistema automático.


Edited by V_A_C_A, Oct 26 2017 - 20:25.


KiDiaba #3 Posted Oct 26 2017 - 23:43

    Staff sergeant

  • -Players-
  • 32446 battles
  • 395
  • Member since:
    05-31-2015

1 - Você já presenciou ou foi uma vítima do griefing? Se sim, quantas vezes isso aconteceu?

 

Sim, o griefing não é muito comum acontecer comigo, na verdade é até meio raro, se acontecer é um super tomate que tem problemas de motricidade fina ao pilotar seu tanque ou um sacana mesmo. E eu só fiz griefing depois que fizeram em mim, esse foi mais raro ainda, depende muito da situação. O mais comum é o TK, esse sim acontece bastante comigo, geralmente quando estou de tanque LEVE, que seu time aliado quer que você faça aquele trabalho maroto de SUISCOUT, sofri muito com isso. E é claro que já dei muito TK, geralmente nos Cones.


2- Você concorda que removendo o dano aliado, irá amenizar o griefing, assim como um sistema mais rigído de punimento?

 

Não concordo. Seria melhor aprimorar o sistema de punimento, tornando-o mais rígido e eficaz. Atualmente a formas de burla-lo.


3- O que você acha do sistema de banimento automático? Você acha que o suporte técnico lida com os problemas relatados pelos jogadores?

 

Que suporte?

O banimento automático só pega troxas, há formas de burla-lo.


4- Qual seria a sua solução para o fim ou amenização do griefing?

 

Tanto para o griefing, quanto o TK, seria aprimorar o sistema automático e tornando as punições mais rígidas.

 

:honoring:



Yuriev #4 Posted Oct 27 2017 - 02:46

    Captain

  • Players
  • 51001 battles
  • 1,066
  • [-GO-] -GO-
  • Member since:
    04-25-2011

View PostSESD95, on Oct 26 2017 - 19:47, said:

1 - Você já presenciou ou foi uma vítima do griefing? Se sim, quantas vezes isso aconteceu?

 

Ja fui vitima muitas e muitas vezes. Tenho quase 50.000 batalhas entao da pra imaginar quantas vezes foram.

 

A maioria das vezes ou por fazer parte de um clan (lol), ou por ficar na posiçao que outro jogador pensa ser a dele, ou por nao ir onde alguem quer que eu va.

 

Block Quote

2- Você concorda que removendo o dano aliado, irá amenizar o griefing, assim como um sistema mais rigído de punimento?

 

Nao concordo nem com um nem com outro. Remover o dano ira significar nao ter mais cuidado em atirar, segurar o tiro para nao ferir aliados e um dos fatores que conferem realismo ao jogo, e a maioria dos jogos seguem esse caminho. Quanto a rigidez do sistema de puniçoes ele ja e relativamente rigido sem ser tiranico com os tiros acidentais. Torna-lo ainda que so um pouco mais rigido ia pegar muita gente que atira por acidente. Somando-se a natureza troll do RNG + lag voce teria pessoas completamente inocentes que sofreriam puniçao. 

 

Block Quote

3- O que você acha do sistema de banimento automático? Você acha que o suporte técnico lida com os problemas relatados pelos jogadores?

 

 

Acho que o sistema e permissivo mas sem ser anarquico. Provavelmente a wargaming chegou a esse numero com base em dados estatisticos de quanto uma pessoa normal pode atingir aliados sem querer, e o sistema segue mais ou menos este paradigma. Em media voce pode dar dois disparos que causem dano antes de sofrer puniçao em uma partida. Quanto ao suporte lidar com reports, a wargaming ja declarou que nao avalia esses reports, o sistema e inteiramente automatizado. Acho que faz sentido tendo em vista a enxurrada que a wargaming deve receber de videos com falso positivos dos cones, em que toda partida tem 10 hackers de cada lado...

 

Block Quote

4- Qual seria a sua solução para o fim ou amenização do griefing?

 

Seria remover tanto quanto possivel os fatores que levam ao griefing. Artilharias que causam odio na comunidade por exemplo. O unico grief que eu pratico e o TK nas artilharias, tem muita gente que faz o mesmo, resolvendo o problema das artilharias ja seria um começo. A wargaming retrabalhou elas um tempo atras, esta melhor mais ainda nao e o bastante. Essas coisas que enfurecem os jogadores sao as responsaveis pela maior parte do grief na minha opiniao. Claro tem sempre o cretino que comete grief so porque ele pode, mas essa seria uma infima minoria.



TeamNosferatus1 #5 Posted Oct 27 2017 - 14:30

    First lieutenant

  • Players
  • 23669 battles
  • 510
  • Member since:
    07-20-2013

1 - Você já presenciou ou foi uma vítima do griefing? Se sim, quantas vezes isso aconteceu?

 

E quem não foi? O manto do anonimato proporcionado pela internet impulsiona a ação daqueles que veem nisso uma grande chance para esboçar sua mediocridade, são aqueles que estão sentados atrás de uma tela, tomando todinho e dando uma de macho predador, os mesmos que em um eventual encontro estariam de perna bamba.  

 

2 - Você concorda que removendo o dano aliado, irá amenizar o griefing, assim como um sistema mais rigído de punimento?

 

A remoção da dano aliado é algo que pode ser pensado embora existam outras maneiras de um jogador do seu próprio time te prejudicar, uma delas é ficar empurrando o tanque dele contra o seu ou bloquear a sua visão. O dano aliado é feito de maneira que não torne quem o pratica azul, na maioria das vezes de forma ardilosa e sem punição, de tal sorte que a regra que implementei em minha partidas segue o lema: "Toma lá Da cá", é um disparo que vem no meu tanque e outro disparo que vai para o dele. Chaga de conversa fiada e pusilânime! Fazem alguns dias um Cromwell disparou contra o meu SU-152 gratuitamente, me fez algum dano mas deve ter "aprendido" com o meu disparo que removeu dele quase 700 de HP já que eu estava com a 152mm, as vezes é preciso uma medida indigesta atuando como karma imediato, podem chamar de diplomacia do canhão.

 

3- O que você acha do sistema de banimento automático? Você acha que o suporte técnico lida com os problemas relatados pelos jogadores?   

 

Eu não considero o sistema de banimento insatisfatório mas isso não significa que ele não possa ser melhorado, acho praticamente impossível a Wargaming atuar em todos os relatos, no mais sempre haverão maneiras de driblar essas restrições, se eu ficar azul com 3 disparos contra um aliado eu faço 1 ou 2 e assim eles pensam.

 

4- Qual seria a sua solução para o fim ou amenização do griefing?

 

Da mesma forma que acho que deveria ocorre quando as pessoas veem injustiças acontecendo no seu campo de visão, se eu observo esse tipo de conduta eu interfiro e procuro chamar a atenção do time para a atitude do algoz, se é comigo eu estudo a situação e aplico o conceito de karma imediato ou tardio: um disparo no meu tanque é um disparo no dele, principalmente se eu estiver com um veículo com dano alfa, se ele resolver empurrar o meu tanque eu permaneço imóvel sempre que possível ignorando-o, muitos desistem e outros disparam para ver se eu reajo, as vezes pegamos um incauto que esquece que pode ficar azul e eu sempre "contribuo" para que ele esqueça, quando ele fica azul eu o elimino.        

 

Eu não elimino do meu time jogadores que ficaram azuis sem que eu tenha acompanhado o que aconteceu, muitos desses players não tiveram a frieza necessária para lidar com atitudes antiesportivas ou dano amigo, é preciso ter observado o que ocorreu antes de tomar partido. 

 

Eu acredito que muitos vão ler e discordar ou criticar pontos que coloquei, o problema é que o mundo não dá colo! As vezes é preciso ferir com o mesmo ferro do qual fomos feridos porque a justiça tarda e falha miseravelmente no universo do jogo, são casos que passarão batido restando ter que ler o relato daqueles puritanos que vão te dizer o que é certo e o que é errado, o problema é que o certo para eles nunca será concretizado já que a punição nem sempre é aplicada, definitivamente eu não vou tratar isso como Alice no País das Maravilhas.    


Edited by TeamNosferatus1, Oct 27 2017 - 14:35.





3 user(s) are reading this topic

0 members, 3 guests, 0 anonymous users